05/03/2007

Na Companhia de Silvio

Há dias que são iguais a tantos outros, em que obedeço a uma rotina que se foi impondo e de hábitos que fui criando. Todas as manhãs, vou tomar o pequeno-almoço a uma padaria perto, percorrendo sempre o mesmo caminho de ida e de volta. E é nessa volta, que faço quase sem me dar conta, em que os passos já sabem de cor o lugar onde pisar, que me alheio em pensamentos diversos, de olhos baixos, como se não quisesse ver nada que me levasse de volta ao ambiente em meu redor. Já na minha rua, o meu olhar repara na mudança da calçada, de cimento, como é usual aqui no Norte. É então que na minha mente começo a ouvir uma balada de Silvio Rodríguez que a calçada cinzenta me recorda: "En mi calle hay una acera gris donde se pegan las miradas del que mira a donde va (...)" E assim chego à minha porta na companhia de Silvio. Para ouvir a canção “En Mi Calle” click aqui.