13/10/2012

Já lhe caiu a ficha?

Como já aqui referi, vivi no Rio de Janeiro entre 1982 e 1984. Nessa época, os telefones públicos funcionavam com fichas que se compravam nas bancas de jornais.

Telefone público de fichas.

As fichas compravam-se embaladas.

Ainda hoje trago comigo no porta-moedas uma dessas fichas.

A minha ficha.

Eu falando num orelhão.

1 comentário:

PCBianque disse...

Gostei muito da sua postagem. Tenho um blog que conta a história da telefonia no Brasil, e ficaria muito feliz com sua colaboração. Se puder colaborar, entre no blog orelhoes.blogspot.com e envie o comentário, ou ente em contato pelo e-mail blogsunificados@yahoo.com.br. Ficarei muito grato!